quarta-feira, 3 de junho de 2009

Foi Assim... Morre Walter Bandeira


Foi assim... quando vimos no jornal a primeira notícia de que Walter estava internado na UTI, já sabíamos que teríamos poucas chances de vê-lo novamente cantar. Que "vozerão". Inesquecível, inconfundível. Figuraça, extrovertido, e de bem com a vida. Vida que tem como rito de passagem para outro plano, a morte, que faz parte da vida. Assim sempre foi. Foi assim...
Fica nosso agradecimento e reconhecimento por tudo que o que produziu e fez para a cultura paraense. Nossas homenagens a este multi-homem-artista

Nenhum comentário:

Postar um comentário